Noticias

Garland reestrutura organigrama e cria nova empresa de transportes

Publicado o 22 Novembro 2017

O Grupo Garland culminou um processo interno de reestruturação corporativa que concentra empresas em quatro unidades estratégicas de negócio: Logística, Transportes, Navegação e Corporativa. Uma das consequências mais visíveis no novo organigrama é a fusão das actividades de três empresas do Grupo – Trânsitos, Transportes e Paletes Expresso – numa só. A criação da Garland Transport Solutions implicou a requalificação do primeiro Centro Logístico da Maia, que se encontra em fase de conclusão, e visa melhorar o serviço de transportes, disponibilizando mais frequência, competitivos tempos de trânsito e redução de custos. Este ano, a nova empresa deverá já faturar cerca de 53 milhões de euros, ou seja, 44% do total que o Grupo deverá encaixar.

Com vontade de liderar a revolução tecnológica no setor, o Grupo Garland passou a integrar sob o controlo da companhia-mãe, Garland Laidley, várias empresas subsidiárias, agregadas nas já referidas quatro áreas estratégicas de negócio.

“Partimos para esta reestruturação com o objetivo de concentrar atividades semelhantes em business units com volumes de negócios mais expressivos, maior flexibilidade e, acima de tudo, maior capacidade de otimização da tecnologia implementada, assim como de alcançar maior eficiência e aproveitar sinergias”, explica Giles Dawson, administrador responsável pela área de Transportes.

“No caso da nova empresa Garland Transport Solutions, a fusão que lhe deu origem permitir-nos-á oferecer aos nossos clientes e fornecedores de serviços transitários e de transportes, soluções bastante mais diversificadas e competitivas”, acrescenta o responsável.